Como declarar imposto de renda?

A entrega da declaração do Imposto de Renda 2019 (ano-base 2018) começa nesta quinta-feira (7), após a Quarta-Feira de Cinzas. O prazo para entrada da declaração é dia de 30 de abril. Quanto antes o contribuinte fizer o envio do documento à Receita, maiores as chances de receber a restituição nos primeiros lotes. A Receita paga mensalmente as remessas das restituições de maio a dezembro, em sete lotes, e paga uma correção indexada à taxa básica de juros (Selic) proporcional ao tempo de atraso em relação ao primeiro pagamento.

Dicas para preencher a declaração do Imposto de Renda

Já é possível baixar o programa para fazer a declaração no site da Receita. Faça o download. O programa da Receita é o mesmo para as duas categorias de tributação: utilizando as deduções legais ou o desconto simplificado. Ao final, quando for entregar a declaração, o programa apresentará quadro comparativo para que o contribuinte possa escolher a opção mais favorável. Antes de iniciar o preenchimento, é recomendado fazer a importação de dados de 2018. Quando a importação é feita, os dados substituem qualquer preenchimento já digitado. Se a última Declaração de Ajuste Anual do IRPF 2018 entregue foi uma retificadora online, substitua o número do recibo importado pelo programa pelo número do recibo da última retificadora online ou deixe-o em branco. Além disso, como alguns dados importados podem ter sido alterados na retificadora online, verifique todas as informações importadas e, se necessário, realize as devidas correções. A receita também disponibiliza  a Declaração Pré-Preenchida do Imposto de Renda sobre a Renda da Pessoa Física, contendo informações relativas a rendimentos, deduções, bens e direitos e dívidas e ônus reais. Esta declaração está disponível para download no Portal e-CAC a contribuintes que possuam certificação digital ou a representantes com procuração eletrônica ou procuração RFB. Após importação do arquivo da Declaração Pré-Preenchida no Programa IRPF 2019, o contribuinte poderá fazer qualquer tipo de declaração, optando pela tributação por deduções legais (modelo completo) ou por desconto simplificado (modelo simplificado). A DIRPF Pré-preenchida estará disponível, desde que o contribuinte tenha apresentado a Declaração de Ajuste Anual referente ao exercício de 2018. Comprovantes de serviços médicos e de saúde também podem ser importados pelo Programa IRPF 2019 e as informações serão adicionadas à declaração, sem comprometimento dos demais dados preenchidos anteriormente. Para importar os Comprovantes eletrônicos de Rendimentos e de Pagamentos de Serviços Médicos e de Saúde, no Programa IRPF, inicie o preenchimento de uma nova declaração. No menu Importações/ Informe de Rendimentos ou Informe de Planos de Saúde, selecione o arquivo disponibilizado pela sua fonte pagadora ou pelo serviço médico e de saúde. Não esqueça de verificar todos os dados! Ainda tem alguma dúvida sobre o imposto de renda? Conte para gente.
Tags :
Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você precisa planejar, revisar ou realizar cálculos periciais para aposentadoria?

Temos uma equipe de especialistas prontos para ajudar você.

Outras Notícias

Disponibilizamos gratuitamente para você as principais notícias sobre Direito Previdenciário. Veja alguns destaques:

CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS

O INSS é uma Autarquia Federal, responsável pela concessão de aposentadorias dos trabalhadores que contribuíram e/ou contribuem ao Regime Geral, da Previdência Social. Para cada

Continue lendo »
×