Os segurados que têm atrasados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para receber na Justiça sejam eles precatórios ou RPVs (Requisições de Pequeno Valor) devem ficar atentos às datas em que os valores deverão cair na conta.

No caso dos precatórios, que são valores acima de 60 salários mínimos, o montante será creditado em abril, segundo o CJF (Conselho da Justiça Federal). Ao todo, serão pagos R$ 6,4 bilhões em atrasados previdenciários referentes a ações de concessão ou revisão de aposentadoria, pensão ou auxílio.

Para receber em 2019, é preciso que o atrasado tenha sido liberado pelo juiz entre os dias 2 de julho de 2017 e 1º de julho de 2018.

Esse dinheiro é pago apenas uma vez por ano. Por lei, o governo tem até dezembro para liberar os valores, mas, pelo segundo ano seguido depois da crise econômica, o dinheiro sairá em abril.