Saiba mais sobre o novo fator previdenciário

O fator previdenciário, usado no cálculo das aposentadorias por tempo de contribuição do INSS, sofreu alterações. Com uma expectativa de vida maior, segundo IBGE, os benefícios requeridos a partir do dia 1º de dezembro. O fator previdenciário leva em conta a idade, o tempo de contribuição e a expectativa de sobrevida do beneficiário a partir do momento em que se aposenta. Por isso, com a atualização das chamadas tábuas de mortalidade, conforme a sobrevida aumenta, o fator reduz o valor da aposentadoria. Isso porque a média dos 80% maiores salários de contribuição é multiplicado por esse índice. A ideia do fator previdenciário era simular uma poupança, formada pelas contribuições do trabalhador ao longo da vida, a ser devolvida a ele em parcelas mensais durante sua aposentadoria. Quanto maior a expectativa de sobrevida, maior é o tempo pelo qual ele supostamente vai usufruir do benefício – e menor o valor mensal que receberá do INSS. Confira o fator previdenciário atual.  fator previdenciárioÉ possível “fugir” do fator previdenciário com a regra 85/95, que passa a ser 86/96 a partir do ano que vem.
Tags :
Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale com nossa equipe de especialistas

Esclareça todas suas dúvidas relacionadas à aposentadoria com um especialista no WhatsApp.

Categorias

Você precisa planejar, revisar ou realizar cálculos periciais para aposentadoria?

Temos uma equipe de especialistas prontos para ajudar você.

Outras Notícias

Disponibilizamos gratuitamente para você as principais notícias sobre Direito Previdenciário. Veja alguns destaques:

×