Aposentadoria especial para guardas municipais é vetada

O Supremo Tribunal Federal vetou no dia 20 a aposentadoria especial por periculosidade para guardas municipais.

Votaram pela rejeição ao benefício os ministros Luís Roberto Barroso, relator do caso, Rosa Weber, Edson Fachin, Dias Toffoli e Cármen Lúcia, presidente da Corte. Os ministros Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello eram favoráveis à aposentadoria especial aos agentes. No lado de quem negou o benefício, a maior justificativa é a possibilidade de uma crise fiscal. De outro lado, quem apoia a aposentadoria especial destaca o aumento de criminalidade e o alto número de guardas mortos durante o trabalho. O ministro Marco Aurélio Mello lembrou também que os guardas municipais não têm direito à greve, devido à natureza de seu serviço para população, por tanto  devem ter direito a aposentadoria especial, assim como outras categorias impossibilitadas de fazer greve. Em março, o ministro Alexandre de Moraes determinou que os pedidos de aposentadoria especial de quatro guardas municipais fossem apreciados pelas prefeituras correspondentes: Barueri (SP), Indaiatuba (SP) e Montenegro (RS). Na votação do dia 20, o ministro reconheceu que ainda não foi aprovada pelo Congresso e pela Presidência da República uma legislação regulamentando o dispositivo e avaliou que deve ser utilizado o parâmetro previsto na Lei Complementar 51/1985, que dispõe sobre a aposentadoria do servidor público policial, para viabilizar o exercício do direito aos agentes. O Relator, Barroso, afirmou que a aposentadoria especial para guardas municipais deve ser discutida no Legislativo, e que deve ser considerada a diferença na situação dos guardas em cada cidade do país.  
Tags :
Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você precisa planejar, revisar ou realizar cálculos periciais para aposentadoria?

Temos uma equipe de especialistas prontos para ajudar você.

Outras Notícias

Disponibilizamos gratuitamente para você as principais notícias sobre Direito Previdenciário. Veja alguns destaques:

INSS x Aposentadoria Privada

Devido à reforma trabalhista, muitas pessoas cogitam não contribuir para a Previdência social e optam por uma aposentadoria privada. Vamos analisar as principais diferenças de

Continue lendo »
×