Como usar o Meu INSS – Parte 3

Vamos conhecer mais sobre o Meu INSS, portal digital destinado para os segurados? Já falamos um de alguns serviços deles, como agendar atendimentos e fazer requerimentos. Mas o que mais você pode acessar pelo Meu INSS?

Extrato Previdenciário (CNIS)

O extrato previdenciário é o histórico de toda a situação contributiva do trabalhador na ativa, seja empregado, individual, empresário, doméstico e também sobre o aposentado. Permite saber mês a mês se a empresa está repassando a contribuição e se os recolhimentos estão sendo feitos de forma correta. Dá pra saber também quais os períodos que estão faltando para que possa garantir a comprovação futura ou se está perto ou não de se aposentar. Algumas instituições bancárias disponibilizam diretamente a consulta ao extrato previdenciário: Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Carta de Concessão

Documento que comunica ao cidadão sobre a concessão do benefício. Além disso, informa a forma de cálculo utilizada para apuração da renda mensal inicial e fornece informações relativas ao banco responsável pelo pagamento.

Histórico de Crédito de Benefício

Esse histórico é usado para comprovar que a pessoa recebe benefício do INSS e mostra sua renda mensal. Vale para fins legais como abertura de conta em bancos, abertura de crediário, empréstimo consignado, gratuidade para idosos no transporte interestadual, programas educacionais, entre outras finalidades. Detalha valores, o banco e data de pagamento do benefício. Tem mais alguma dúvida sobre o Meu INSS? Vale lembrar, que o mais recomendado é contar com a ajuda de um profissional para seus cálculos!
Tags :
Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você precisa planejar, revisar ou realizar cálculos periciais para aposentadoria?

Temos uma equipe de especialistas prontos para ajudar você.

Outras Notícias

Disponibilizamos gratuitamente para você as principais notícias sobre Direito Previdenciário. Veja alguns destaques:

×